Crítica à Participação Pública

Recentemente, os modelos e metodologias de planeamento, no que toca à fase da discussão pública, têm vindo a ser criticados. Estas críticas surgem sobretudo da disparidade entre escalas e velocidades de construção entre os países de desenvolvidos e os países em desenvolvimento, nomeadamente a China.

“Krugman’s argument is that the status quo approach to development in America isn’t working, a sentiment shared by Duany and Campanella, as well as a large number of other commentators. As Campanella stated in a talk at Harvard: “Just as China could use more of the American gavel of justice and democratic process, we could certainly use a bit more of that very effective Chinese sledgehammer.””

http://americancity.org/buzz/entry/3187/

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s